O poder dos dados para as estratégias empresariais

janeiro 7, 2021 | | Notícias |

Do início da civilização até 2003, estima-se que a humanidade gerou 5 exabytes (um quintilhão de bytes) de dados. Hoje, criamos esse mesmo volume em apenas 48 horas. Contabilizamos atualmente 40 trilhões de gigabytes gerados no mundo. Junte todo grão de areia presente na terra e ainda não será suficiente para representar esse volume de informações. Esse número impressionante pode gerar a falsa percepção de que estamos a um passo do “conhecimento absoluto” das coisas. Mas a pergunta realista que devemos fazer é: o que fazer com esses trilhões de gigabytes de materiais disponíveis?

No mundo cada vez mais digital, os dados têm um valor crucial para empresas terem competitividade no mercado. Porém, obter inteligência acionável e lucrativa a partir dessas informações é um desafio. Segundo estudo da Capgemini Research Institute, as organizações ainda têm um longo caminho a percorrer quando se trata de tomada de decisões baseadas em dados: apenas 39% dos líderes afirmam que estão transformando insights baseados em dados em vantagem competitiva. E a razão é simples: apenas 20% dos executivos confiam no que tem à disposição.

Tudo começa com as perguntas certas

Ter dados não é suficiente. É preciso dominá-los, acioná-los da maneira certa. Mas como encontrar o elemento estratégico diante de uma avalanche de elementos? A captação e o uso inteligente das informações tornou-se um valor indispensável no desenvolvimento de uma estratégia de negócios de sucesso. Mas uma verdade precisa ser dita: não importa o volume de investimento em softwares e hardwares para gerar gráficos e análises ou quão avançada seja sua infraestrutura de TI, esses dados só serão bons se as suas perguntas estiverem corretas. Eis o grande desafio.

Para focar no que é estratégico, é fundamental definir quais são os pontos críticos para o negócio. Avaliar quais os objetivos, as metas, o orçamento ou os clientes-alvo ajudarão a chegar a insights relevantes. Com essas questões esclarecidas é possível acessar a realidade da empresa e observar quais dados irão contribuir para o seu momento presente de maneira mais certeira.

Encare a realidade

Nesta era digital, as transformações são dinâmicas e as corporações devem estar preparadas para as mudanças. E para prospectar o futuro é preciso observar com muita atenção o presente, porque o passado, muitas vezes, pode não mais fazer sentido à medida que o mundo e os negócios evoluem. Um exemplo claro disso é o que estamos vivendo agora. Diante da pandemia gerada pela Covid-2019, em pouco tempo tudo mudou: a produção industrial, os modelos de trabalho, o comportamento de consumo… Como ser estratégico se não acessar esta realidade?

Os dados, por si só, oferecem uma janela para a realidade? Não necessariamente. A técnica para analisá-los é vital nas corporações – ou seja, ter nas equipes especialistas em analytics. Pois para se chegar a essa tão esperada realidade é preciso de ética para garantir a isenção da análise. Enxergar somente aquilo que se quer ver é uma característica humana, mas também um dos fatores que transformam estudos de big data em materiais pouco relevantes no mundo real. Para que a análise seja útil, ela precisa ser orientada pela teoria ou pelo problema – pela pergunta que precisa ser respondida – não simplesmente pela resposta que se quer ouvir.

Mergulhe na cultura Data-Driven Management

O próprio estudo da Capgemini comprova essa tese. A minoria dos entrevistados que confiam em seus dados (20%) afirma que eles ajudaram a conquistar uma vantagem significativa de desempenho em relação ao seu mercado de atuação, com rentabilidade até 22% maior e receita 70% maior por funcionário.

Mas como eles chegaram a este resultado? Eles embarcaram na cultura Data-Driven Management. O segredo está em ser capaz de gerir esse sistema inteligente, ou seja, gerar dados reais dos negócios a partir de ferramentas aliadas ao poder técnico e a ética é o que chamamos de inteligência empresarial. Transformar informações e insights em ações apoiadas em infraestrutura e uma governança focada em fazer as transformações necessárias para seguir competitivo. 

A Nexxys é pioneira no desenvolvimento de soluções orientadas por dados – Data-Driven Management (DDM). Ajudamos a elevar a inteligência de sistemas corporativos para gerar resultados transformadores e de alta performance. Conte com a gente para alcançar os objetivos de sua empresa.

Write a comment