Intelimidia coloca a mídia offline na Era dos Dados

novembro 16, 2020 | | Intelimídia, Soluções |

Em setembro, o Brasil comemorou 70 anos da televisão no país. Da improvisação ao vivo à era digital, a produção brasileira para TV é referência no mundo e até hoje estabelece relações diretas com seus anunciantes e com seu telespectador. Ou melhor, consumidor.

A indústria vem se adaptando ao crescimento expressivo da penetração do digital, principalmente nos últimos anos. Mas enquanto o público acompanha esta evolução em conteúdo e em tecnologia para exibição, a publicidade ainda está baseada em pontos percentuais de audiência para definir os investimentos dos anunciantes, praticamente a mesma ferramenta há mais de 50 anos.

A publicidade televisiva precisa encarar de frente a Era dos Dados ou perderá competitividade comercial frente aos canais digitais. Acompanhar as mudanças de comportamento do consumidor com velocidade, inserindo sua mensagem no momento ideal para o público certo. Este caminho já tem nome: Intelimidia – A primeira plataforma do mundo que permite a compra de midia offline por performance.

As massas ainda estão na TV

De acordo com o Global Entertainment & Media Outlook da consultoria PwC, as emissoras de TV aberta e fechada no Brasil movimentam mais da metade do investimento publicitário, equivalente a R$ 134 bilhões brutos. Porém, a TV perde para o digital na capacidade de analisar o engajamento gerado. A mídia atualmente é adquirida ainda no formato tradicional, de cinco décadas, ou seja, por audiência, e não por resultado.

Intelimidia é uma two sided platform (plataforma de dois lados, que conecta compradores e vendedores de um serviço). Ela possibilita a compra de mídia offline por performance, seja TV aberta ou fechada, rádio ou cinema. Um conceito já presente no dia a dia do consumidor em marcas como Uber, Airbnb e iFood, por exemplo, mas extremamente inovador para este mercado.

Campanhas para TVs mais programáticas e performáticas

A plataforma Intelimidia traz um conjunto de inovações que tornam possível, e simples, a compra baseada no engajamento efetivamente gerado pelo consumidor. Ela gera analytics por meio das três formas que um consumidor pode reagir a uma campanha quando impactado por uma comunicação offline, seja pela visita a um site, uma chamada telefônica ou uma visita a uma loja física. É o mesmo conceito de tagueamento que a mídia digital utiliza para gerar suas métricas de performance, só que agora aplicado no offline.

O anunciante define o limite máximo de investimento, o período de veiculação e paga apenas pelo engajamento gerado. Por meio do tagueamento das peças publicitárias, o sistema gera dados que mostram o volume de engajamento minuto a minuto.

Além disso, a dinâmica da Intelimidia vai além do PI (Pedido de Inserção). Fornece métricas precisas de performance, garantindo a geração de dados isentos e imparciais, tanto para veículos, como para anunciantes e suas agências.

 Com a venda por performance, veículos offline ganham agora uma igualdade de condições para disputar mercado com a mídia digital, tanto no sentido da mensuração precisa dos resultados gerados, quanto no da criação de um modelo de compra e venda de mídia em que os anunciantes pagam de acordo com o resultado.

 O objetivo da Nexxys, com a plataforma Intelimidia, é oferecer a ponte para transformação digital da mídia offline. A negociação continua sendo feita entre veículo e a agência, assim como a venda segue sendo negociada diretamente pelo veículo. E neste contexto, além de dados precisos, a plataforma traz a imparcialidade de uma empresa terceira, o que é fundamental quando se fala em geração de dados de resultado.

Explorar o poder dos analytics para criar campanhas inovadoras, construindo um relacionamento mais próximo com o consumidor e uma relação mais transparente entre anunciantes, agências e veículos. Este deve ser o novo modus operandi das campanhas televisivas.

A Nexxys, pioneira no desenvolvimento de soluções orientadas por dados – Data-Driven Management (DDM), oferece todos os recursos para agências e anunciantes trabalharem com a força analítica do digital no offline. E gerar vendas. Sua marca está pronta para este novo capítulo da história?

Write a comment